Conheça nossas Publicações

Nesta seção você encontrará uma lista de todas nossas publicações.

 

Publicações

 

O livro organizado por Izabel Magalhães, Discursos e práticas de letramento: pesquisa etnográfica e formação de professores (Campinas, SP: Mercado de Letras, 2012), aborda temas relacionados ao letramento, ao discurso e à formação de professores, dirigindo-se a professores e professoras, estudantes e especialistas.

 

 

 

LivroIzabel

 

Embora o país esteja atravessando um momento de transformações em diversos aspectos que são visíveis na área da educação, e especificamente no ensino de línguas, incluindo-se aí o português, há questões que merecem um debate em relação à herança cultural e ao presente. A herança cultural impõe um autoritarismo que ainda se faz notar nas salas de aula com carteiras enfileiradas, num discurso semiótico dominado pela mesa do professor ou da professora, que continua com um peso de autoridade inegável. Porém, é possível notar que educandos e educandas atuais apresentam demandas que muitas vezes deixam de ser contempladas. Paira no ar uma desmotivação que incomoda a quem quer que conheça a situação.

O livro Discursos e práticas de letramento: pesquisa etnográfica e formação de professores divide-se em três partes, com uma Introdução de Izabel Magalhães:

1. “Sociedade e letramento”, apresentando os capítulos: “Letramento, intertextualidade e prática social crítica”, da mesma autora; “Eventos de letramento e práticas de letramento”, de Brian V. Street; “A dialética do discurso”, de Norman Fairclough.

2. “Letramento e pesquisa etnográfica”, com os capítulos: “A construção de uma abordagem crítica, dialógica para a pesquisa sobre o letramento multilíngue – diários de participantes”, de Kathryn Jones, Marilyn Martin-Jones, e Arvind Bhatt; “Letramentos e identidades no Ensino Especial”, de Izabel Magalhães; “Usos e valores da leitura e da escrita em duas localidades urbanas socioeconomicamente diferenciadas”, de Guilherme Rios; “Práticas de letramento e a construção discursiva das identidades no contexto virtual de ensino do português”, de Christine Carvalho.

3. “Formação de professores”, subdividida em três capítulos: “Invertendo a lógica do projeto escolar de esclarecer o ignorante em matéria de língua”, de Inês Signorini; “O discurso do Projeto Paranoá de Alfabetização de Jovens e Adultos – o alfabetizando e a alfabetizanda como sujeitos de poder, saber e amor”, de Renato Hilário dos Reis; “A alfabetização de jovens e adultos – princípios do ensino dialógico para a formação de cidadãos e cidadãs críticos”, de Silviane Barbato.

O lançamento será no dia 7 de novembro de 2012, às 19h, no restaurante Carpe Diem do Brasília Shopping.